fbpx
Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 9 de agosto de 2010.

Genéricos ficam mais caros que medicamentos de referência

COMPARTILHE:

Jornal Estado de Minas

A concorrência no mercado farmacêutico brasileiro está acirrada. A comercialização de genéricos está mostrando força e, para competir com eles, grandes laboratórios do país estão reduzindo o preço dos medicamentos de referência. Em drogarias de Belo Horizonte, é possível encontrar remédios patenteados até 40% mais baratos que os genéricos.

Segundo o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos – Pró-Genéricos, Odnir Finotti, essa tendência é um ciclo vicioso, que beneficia o consumidor. “A prática vem se tornando comum no Brasil e é a maior prova de que os genéricos cumprem o papel de regulador de mercado, estimulando a concorrência”, afirma. De acordo com ele, sempre que houver o lançamento do genérico, o preço do medicamento de referência deve ser reduzido. “E o preço do genérico reajustado novamente, forçando maiores quedas. Isso favorece o consumo e facilita o acesso dos consumidores aos medicamentos e à saúde”, ressalta.

Dados divulgados ontem pela Pró-Genéricos revelam que o mercado de genéricos apresentou crescimento de 34,1% em volume no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período de 2009. É o maior crescimento semestral registrado pelo setor desde 2003. De janeiro a junho, foram comercializadas 200,4 milhões de unidades ante 149,4 milhões nos seis primeiros meses do ano passado. As vendas do segmento movimentaram R$ 2,8 bilhões em 2010, ante R$ 2,015 em igual período de 2009, crescimento de 38,1%.

Em relação à participação de mercado, os genéricos fecharam o semestre com 20,5% de market share em unidades, 2,5 pontos percentuais acima do registrado no mesmo período do ano passado (18%). Pelo critério valor, encerraram o semestre com 16,5% de participação, contra 14,5% registrado em igual período de 2009.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está em regime semipresencial.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial, das 12h às 17h
Terças e quintas: atendimento remoto, das 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099
– Relacionamento – (21) 98145-2036

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×