Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 19 de maio de 2011.

Genéricos levam cinco anos para chegar ao consumidor

COMPARTILHE:

Guia da Farmácia

Apenas 30% dos princípios ativos que mais foram comercializados nas farmácias nos últimos dez anos possuem medicamentos genéricos ou similares. A constatação foi feita por pesquisadores do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea).

Uma das justificativas para o baixo percentual, na avaliação dos estudiosos, é a demora para o fim das patentes e a produção de um genérico.

Segundo informações do Infomoney, ao avaliar 121 princípios ativos que não estão mais com a proteção da patente, eles constataram que os genéricos levam cinco anos para chegar ao mercado.

O técnico de Planejamento e Pesquisa do Instituto e coordenador da pesquisa, Eduardo Fiuza, acredita que a demora deve-se à falta de capacidade para sintetizar os princípios ativos dos medicamentos no Brasil.

Amanhã (20 de maio), é Dia Nacional do Medicamento Genérico.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.