Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 14 de fevereiro de 2011.

L’Oréal encerra 2010 com faturamento 5,6% superior ao ano anterior e confirma liderança no mercado cosmético mundial

COMPARTILHE:

Imprensa L’oreal

Em reunião de Conselho, bons resultados são anunciados e Jean-Paul Agon, CEO do Grupo, é nomeado Presidente do Conselho de Administração

Com um faturamento de 19,5 bilhões de euros em 2010, o Grupo L´Oréal tem forte crescimento em faturamento e lucros. Com faturamento 5,6% maior, o Grupo avançou em todas as zonas, canais e segmentos de negócios. Mais dinâmica do que o mercado mundial, que cresceu 4% no ano de 2010, a empresa sustentou a sua posição como número um em beleza.

Na reunião do Conselho de Administração do Grupo para divulgação dos resultados anuais, Jean-Paul Agon, Executivo-Chefe, foi nomeado também, ao cargo de Presidente do Conselho da líder mundial em beleza. Agon ocupará, a partir de março, a cadeira que até hoje era de Sir Lindsay Owen-Jones, conforme planejado e anunciado na Assembleia Geral Anual em 2005. O Conselho de Administração concordou que o ambiente estava favorável para a reunificação dos papéis de Presidente do Conselho de Administração e CEO (Diretor-Presidente).

Sobre os resultados, Jean-Paul Agon é assertivo: “O ano de 2010 foi de conquistas para o Grupo. Várias de nossas marcas conseguiram avanços espetaculares: L’Oréal Professionnel, com sua coloração INOA, Maybelline no mercado de Grande Público de Maquiagem, entre outros. O grupo está crescendo na Europa Ocidental, melhorando claramente as suas posições na América do Norte e continuando sua conquista dos novos mercados. Estes desempenhos confirmam a importância dos impulsos estratégicos adotados no final de 2008: inovação acessível, novas categorias de produtos, globalização acelerada das nossas marcas, fortalecimento da nossa P&D e dos investimentos promocionais e em publicidade.”

Nos novos mercados, o Grupo cresce duas vezes mais rápido do que o mercado. Com um faturamento 11,3% superior do que em 2009, as principais forças impulsionadoras são a Ásia e a América Latina. Todos os principais países da América Latina estão crescendo, particularmente, o Brasil e a Argentina. As vendas na região avançaram 17,5% e o México voltou a crescer. A Divisão de Produtos de Grande Público é a força motriz desta expansão, através dos produtos capilares e dos desodorantes.
Faturamento por divisão operacional e zona geográfica

Em 31 de dezembro de 2010
Em Crescimento em dados
comparáveis por divisão operacional(1)
Produtos Profissionais 2.717,1 4,1%
Produtos de Grande Público 9.529,9 5,5%
Produtos de Luxo 4.506,6 7,0%
Cosmética Ativa 1.385,6 4,7%
Total cosméticos 18.139,1 5,6%
Por zona geográfica (2)
Europa Ocidental 7.181,0 1,7%
América do Norte 4.291,5 4,1%
Novos Mercados, sendo: 6.666,6 11,3%
– Ásia, Pacífico 3.192,2 11,2%
– Europa Oriental 1.398,9 8,1%
– América Latina 1.517,7 17,5%
– África, Oriente Médio 557,8 4,1%
Total cosméticos 18.139,1 5,6%
The Body Shop 754,9 -1,1%
Dermatologia(3) 601,7 16,1%
Total Grupo 19,495.8 5.6%


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.