Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 9 de maio de 2013.

Medicamentos têm reajuste acima da inflação

COMPARTILHE:

De acordo com pesquisa do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), o preço de 65% dos 40 medicamentos analisados aumentou desde 2009. Ainda de acordo com o levantamento, 13 produtos tiveram reajuste de, pelo menos, 26%, o que supera a inflação acumulada, de 25%. Outros 13 medicamentos tiveram altas e apenas 14 registraram baixas no valor. “O que a gente identificou é que o preço na farmácia não condiz com o teto de reajuste estabelecido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed)”, diz a economista do Idec Ione Amarim. Segundo ela, há um espaço grande entre o preço comercializado e o máximo ditado pela Cmed, o que deixa as farmácias com possibilidade de elevar muito o preço dos medicamentos. Apesar da pesquisa ter sido realizada no estado de São Paulo, Ione explica que os reajustes acima da inflação são praticados em todo o País. “Fizemos o estudo com medicamentos usados para tratar doenças crônicas. Esse fator, do medicamento ser de uso contínuo, acaba criando uma pressão. Em algumas situações, os valores levam ao abandono do tratamento”.   Fonte: Anvisa


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.