fbpx
Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 13 de junho de 2016.

Medley manterá investimentos em linha com o mercado

COMPARTILHE:

Revista da Farmácia:

 

site
Carlos Aguiar, diretor de Negócios da Medley.

 

Conversamos, por e-mail, com o diretor de Negócios da Medley, Carlos Aguiar, sobre lançamento de novos genéricos, parcerias com o PDV e investimentos na crise. A Medley é, atualmente, um dos maiores fabricantes de genéricos do País. Confira a seguir.

 
A Medley lançou, este ano, o ciprofloxacino, o metoprolol e o montelucaste. Esses genéricos são inéditos no País?
O succinato de metoprolol é um genérico inédito. Foi lançado em parceria com a AstraZeneca – Biofarmacêutica Global, voltada para inovação. O medicamento é indicado para hipertensão arterial, insuficiência cardíaca, tratamento de manutenção após infarto do miocárdio, angina, palpitações e profilaxia da enxaqueca.

 
Qual a participação de mercado da Medley? E quais os genéricos que mais se destacam em unidades vendidas e em faturamento?  
A Medley, uma empresa do Grupo Sanofi, é uma das líderes brasileiras na produção de medicamentos genéricos, tanto em volume quanto em reais. Por questões estratégicas, não fornecemos essas informações, mas podemos destacar nossa atuação em cardiologia, sistema nervoso central, gastrenterologia e saúde feminina.

 

Há novos lançamentos previstos até o fim de 2016?

Sim. Em genéricos, por exemplo, teremos o lançamento de novas apresentações em moléculas relevantes no mercado. Já em similares, serão lançados, entre outros, o multivitamínico Baristar. Desenvolvido especialmente para os pacientes submetidos à cirurgia bariátrica, ele atende de forma preventiva todas as recomendações nutricionais diárias (DRI’s, do inglês Dietary Reference Intakes). Há também o lançamento do Proleptol (pregabalina). Ele está indicado para o tratamento, em adultos, das seguintes condições: dor neuropática (dor devido à lesão e/ou mau funcionamento dos nervos e/ou do sistema nervoso); como terapia adjunta das crises epiléticas parciais (convulsões), com ou sem generalização secundária; tratamento do Transtorno de Ansiedade Generalizada; e controle da fibromialgia (doença caracterizada por dor crônica em várias partes do corpo, cansaço e alterações do sono).

 

Como a Medley divulga a marca no mercado?

A Medley mantém um investimento consistente em várias mídias e promove ações de conscientização junto ao consumidor. Entre elas, “Caravana dos Genéricos” e “Blitz da Saúde”, em que a empresa oferece testes gratuitos de glicemia, colesterol, medição de pressão arterial e Índice de Massa Corporal (IMC). Esses testes são importantes porque identificam indivíduos com fatores de risco para desenvolver doenças crônicas, como as cardiovasculares e diabetes. As ações têm ainda por objetivo esclarecer a população sobre o que são os medicamentos genéricos, sua qualidade, eficácia e segurança. Somente em 2015, fizemos mais de 4,8 mil “Blitz da Saúde” e levamos a “Caravana dos Genéricos” para seis grandes cidades do Brasil. As ações, ao todo, impactaram mais de 1 milhão de pessoas e foram realizadas em todas as regiões do País. Além das ações presenciais, a empresa também tem investido para difundir educação em saúde por meio de iniciativas digitais. Somente em 2015, interagimos com cerca de 230 mil pessoas, via Facebook, levando informações importantes que contribuem para a promoção da saúde, qualidade de vida e bem-estar.

 

A empresa tem feito algum tipo de parceria com o varejo farmacêutico (PDV)?

O relacionamento no ponto de venda é extremamente importante, porque é nesse momento que o consumidor/paciente tem contato direto com a nossa marca. Tanto que a Medley foi pioneira na visitação ao ponto de venda em 2001. Essa atividade é fundamental ainda para apresentar de maneira adequada os produtos e, principalmente, para promover a educação continuada dos farmacêuticos. Para isso, a companhia disponibiliza ainda o portal Ao Farmacêutico (www.aofarmaceutico.com.br). Nele, os profissionais têm acesso completo a e-learnings, conteúdos científicos, boletins, fóruns de discussão, ferramentas de assistência farmacêutica, calculadoras, entre outros. Pesquisa encomendada pela companhia à consultoria Millward Brown apontou que o atendimento recebido no PDV é um dos principais motivos de escolha da loja. Dos 804 entrevistados em farmácias de São Paulo (360), Porto Alegre (240) e Recife (204), 41% apontou o atendimento como o fator mais relevante na definição do local em que comprarão seus medicamentos.

 

As vendas totais de medicamentos no País cresceram 9,6% em unidades em relação aos três primeiros meses de 2015. Por outro lado, vivemos um período de instabilidade política e econômica. A Medley vai manter seus planos de investimentos ou está revendo orçamento e projetos para 2016?

A Medley manterá os investimentos em linha com o mercado. Para 2016 e próximos anos, pretendemos ampliar fortemente o portfólio da Medley em mercados estratégicos. Daremos ênfase ao lançamento de medicamentos para o tratamento de doenças crônicas não transmissíveis, principalmente em cardiologia, sistema nervoso central, gastroenterologia e saúde feminina.

 

Diante do anúncio de que o governo só terá recursos para manter o programa Aqui Tem Farmácia Popular do Brasil até agosto de 2016, como a Medley avalia essa ameaça a um programa já consolidado e superimportante para a população? Há algum medicamento da Medley contemplado no Aqui Tem Farmácia Popular do Brasil?

A Medley continua disponibilizando os produtos que participam do Programa Farmácia Popular aos principais clientes do varejo, tanto no canal de redes quanto no independente. A companhia aguarda as próximas orientações do governo em relação a esse importante programa de acesso a medicamentos.

 

Fonte: Imprensa Ascoferj



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que estará trabalhando de forma semipresencial no mês de fevereiro.

 

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial na sede de 8h às 17h.

Terças e quintas: atendimento remoto de 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099
– Relacionamento – (21) 98145-2036

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.