Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 26 de maio de 2011.

Nestlé adquire fabricante de remédio

COMPARTILHE:

Valor Economico

Paul Bulcke, presidente mundial da Nestlé, planeja ser líder em nutrição ligada à a ciências da saúde em 10 anos. A Nestlé anunciou que sua unidade de ciências da saúde acertou a compra do Prometheus Laboratories., fabricante de medicamentos contra o câncer e problemas gastrointestinais, dentro da estratégia de investimentos da maior empresa de alimentos do mundo em nutrição personalizada.

A empresa deverá pagar entre 500 milhões e 1 bilhão de francos suíços (US$ 1,13 bilhão) pelo laboratório farmacêutico de San Diego, na Califórnia, informou o analista Jean-Philippe Bertschy, do Bank Vontobel.

Projeta-se que a Prometheus terá vendas em torno a US$ 250 bilhões em 2011, com produtos para testes de câncer e doença de Crohn. A empresa foi fundada em 1995 e recebeu o nome do deus grego que, na mitologia, deu aos humanos o segredo do fogo. O laboratório farmacêutico é controlado por investidores como o DLJ Merchant Banking Partners e Apax Partners.

A Nestlé, fabricante de marcas como o chocolate KitKat, abriu em janeiro uma unidade para desenvolver produtos de nutrição personalizada para problemas como diabete. A empresa suíça, comandada mundialmente por Paul Bulcke, divulgou como meta tornar-se líder mundial em nutrição de ciências da saúde no prazo de dez anos, estendendo o domínio que possui nos segmentos de café, leite em pó e alimentos para bebês.

A compra é a terceira desde que a unidade entrou em operação.
"Isso mostra que a Nestlé leva a sério a iniciativa", disse James Amoroso, consultor especializado em indústria alimentícia, que trabalha na Suíça. "Como o grupo é tão grande, você provavelmente não verá o impacto por mais dez anos. No fim das contas, há muito dinheiro a ganhar. As margens farmacêuticas são maiores que as margens com alimentos."

O setor de pesquisa e desenvolvimento criará produtos para áreas como a saúde do cérebro e condições metabólicas, que são de interesse da Nestlé Health Science, segundo a empresa. A Prometheus espera concluir a transação no início do terceiro trimestre, sendo que cerca de 500 de seus funcionários se juntarão à Nestlé Health Science após a aquisição.

A compra permitirá "soluções personalizadas de assistência médica baseadas em diagnósticos, nutrição e farmacêutica", disse o executivo-chefe da Nestlé Health Science, Luis Cantarell.

Em 2010, a Prometheus chegou ao 14º ano de crescimento consecutivo nas vendas.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.