Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 4 de maio de 2010.

Novas apostas da Bristol-Myers

COMPARTILHE:

ISTOÉ Dinheiro

Empresa aposta em novos medicamentos biológicos no Brasil 

A Bristol-Myers, uma das maiores companhias farmacêuticas do mundo, irá perder, nos próximos cinco anos, várias de suas patentes. Frente à esse quadro, a empresa teve que rever suas estratégias. Ao contrário de alguns de seus concorrentes, que passaram a investir em fusões e aquisições para manter sua fatia do mercado, a Bristol, dona de marcas conhecidas como Naldecon e Luftal, tem adotado outra estratégia: apostar em inovação e no crescimento em mercados emergentes como o Brasil. De acordo com Stephen Merrick, novo CEO da Bristol-Myers Squibb no País, a matriz da empresa enxerga um grande potencial de cresicmento no Brasil. A meta da Bristol no Pais seria a de lançar cinco novas drogas biológicas – produzidas a partir de células vivas – nos próximos anos. São medicamentos usados no combate a hepatite C, câncer e diabetes. Apenas no ano passado, a empresa destinou US$ 3,6 bilhões para o desenvolvimento de novas drogas, principalmente medicamentos biológicos. No Brasil os investimentos também têm sido fortes. Desde 2008 foram aplicados mais de R$ 90 milhões em centros de pesquisas espalhados pelo País.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.