fbpx
Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 1 de abril de 2010.

Perda bilionária estimula combate à pirataria

COMPARTILHE:

Valor Econômico – SP

Prejuízo pode chegar a US$ 60 bi

A venda de medicamentos piratas virou um problema de segurança mundial. De acordo com o último levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), a venda de produtos falsificados no mundo provocou um prejuízo fiscal de US$ 35 bilhões no ano passado. Esse valor pode ser elevado para US$ 60 bilhões em 2010, segundo estimativas. Só para comparar, a venda oficial de medicamentos no Brasil movimentou cerca de R$ 30 bilhões em 2009. Entre os medicamentos mais falsificados do mundo estão o Viagra, da Pfizer, e o Cialis, da Eli Lilly, que combatem disfunção erétil. No Brasil, esses produtos costumam ser contrabandeados pela fronteira, sobretudo do Paraguai. Desde abril do ano passado, a Pfizer passou a adotar embalagem diferenciada para tentar inibir a falsificação do medicamento. No Reino Unido, apenas uma em cada 10 pílulas azuis apreendidas costuma ser original. No Brasil, a Pfizer fatura cerca de R$ 170 milhões com a venda do Viagra. No mundo, atinge US$ 1,9 bilhão.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está em regime semipresencial.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial, das 12h às 17h
Terças e quintas: atendimento remoto, das 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099
– Relacionamento – (21) 98145-2036

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×