Preço é decisivo na compra de medicamentos

Correio Braziliense

Na hora de comprar um medicamento, a maior parte dos consumidores leva em consideração o preço. Cerca de 60,64% dos leitores que participaram de enquete sobre o assunto no Blog do Consumidor afirmaram privilegiar o menor valor e não ter dificuldade em substituir o remédio de referência pelo genérico. Outros 28,72% preferem seguir a recomendação médica e não fazer substituições, enquanto 10,64% garantiram comprar o genérico apenas na falta do medicamento com o qual estão acostumados.

Uma pesquisa divulgada pela Fundação Procon de São Paulo mostrou que os genéricos custam, em média, 52,27% menos do que os de referência. Por serem produzidos por diversos laboratórios, os genéricos são, em geral, mais baratos. Mas é bom lembrar que um genérico de um mesmo laboratório também pode apresentar preços diferentes entre as drogarias. De acordo com o estudo, a variação dos custos pode chegar a até 523,81% para os medicamentos genéricos e 135,81% para os de referência. Logo, é essencial a pesquisa de preços, sempre aliada à recomendação e à prescrição médica.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Categorias

Receba as principais notícias direto no celular

Sala de imprensa

Esta é uma área dedicada especialmente para o atendimento à imprensa e com acessos aos nossos releases.

Receba nossa newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Um programa para você ficar sempre bem informado

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×