fbpx
Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 20 de maio de 2010.

Procurador defende câmara técnica para medicamentos excepcionais

COMPARTILHE:

Ministério Público Federal

O procurador regional dos Direitos do Cidadão, Duciran Van Marsen Farena, defendeu a criação de uma câmara técnica para medicamentos excepcionais. A proposta foi apresentada durante o I Seminário Saúde e Judiciário: um diálogo essencial, promovido pela Secretaria de Saúde do Estado da Paraíba, na terça-feira (18), no Hotel Hardman, em João Pessoa.

Duciran Farena participou como debatedor na mesa de discussão intitulada As demandas judiciais da saúde como meio de garantia do acesso à assistência à saúde. No debate, o procurador afirmou que a judicialização da saúde é um "mal necessário", imprescindível em alguns casos, mas que deve ser evitada.

O procurador também sustentou que o propósito do gestor deve ser reduzir a judicialização, que tende a se concentrar no fornecimento de medicamentos e tratamentos de alto custo, mediante algumas estratégias como assegurar a aplicação integral dos recursos constitucionalmente destinados à saúde (Emenda Constitucional nº 29/00), evitar a falta de medicamentos e tratamentos obrigatórios, manter interlocução constante com o Judiciário e o Ministério Público, e realizar um perfil sócio-econômico regionalizado dos pacientes que demandam medicamentos e tratamentos de alto custo.

Câmara técnica

O procurador defendeu ainda a criação de uma câmara técnica para apresentar alternativas ao Sistema Único de Saúde (SUS) quando são pedidos medicamentos e tratamentos que não são previstos no sistema, bem como para justificar devidamente as negativas em casos de medicamentos e tratamentos de eficácia não comprovada. A câmara técnica ainda prestaria informações a magistrados e promotores e avaliaria casos excepcionais em que o tratamento deve ser proporcionado por falta de alternativa viável no SUS.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está em regime semipresencial.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial, das 12h às 17h
Terças e quintas: atendimento remoto, das 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099
– Relacionamento – (21) 98145-2036

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×