Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 17 de março de 2015.

Receitas chegam às farmácias parceiras da Farmácia Popular de forma irregular

COMPARTILHE:

Integrantes da Associação dos Proprietários de Farmácias e Drogarias de Dracena (APFDD) e representante da Secretaria Municipal de Saúde estiveram reunidos na noite da última quinta-feira (12/03), para esclarecer dúvidas quanto ao preenchimento das receitas médicas apresentadas aos estabelecimentos parceiros da Farmácia Popular, sejam elas emitidas por consultórios, hospitais, postos de saúde ou ambulatórios. Segundo o presidente da APFDD, Danilo do Val Lapenta, as receitas estão chegando às farmácias e drogarias de forma irregular, sem as especificações contidas na portaria 971, de 15 de maio de 2012, que determina o detalhamento da receita médica. Na reunião, Lapenta distribuiu o modelo que mostra como a receita deve ser preenchida, para todos os profissionais presentes. De acordo com a portaria, as receitas devem conter: endereço do estabelecimento de saúde; nome completo do paciente; endereço do paciente; nome do medicamento (s); assinatura do médico; data e carimbo do profissional mesmo que a receita seja feita em papel timbrado. Além disso, os farmacêuticos ou pacientes não podem colocar as devidas especificações a punho. “É dever do profissional prescritor preencher todos os dados corretamente, sem rasuras”, explica. As farmácias privadas parceiras do programa Farmácia Popular que aceitarem as receitas médicas sem as devidas especificações serão punidas com multa e poderão ter a suspensão dos atendimentos, além de devolver tudo o que já foi pago pelo programa. Fonte: Portal Regional


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.