Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 19 de maio de 2010.

Siemens IT leva solução de rastreamento de medicamentos à FCE Pharma 2010

COMPARTILHE:

CDI

A Siemens IT Solutions and Services participa da FCE Pharma 2010, que acontece de 25 a 27 de Maio, no Transamérica Expocenter, em São Paulo. A empresa apresentará a solução Serialization for Pharma, voltada para o rastreamento e serialização de medicamentos.

O público do evento conhecerá o know-how empregado no projeto piloto desenvolvido especialmente para a European Federation of Pharmaceutical Industries and Associations – EFPIA, que prevê a codificação e identificação de medicamentos. A solução da Siemens IT oferece ao mercado farmacêutico a possibilidade de integrar completamente as aplicações de gestão empresarial às soluções de automação industrial.

O Serialization for Pharma abrange todo o funcionamento e manutenção da infraestrutura de tecnologia da informação, desde a integração de dados, sistema de segurança e desenvolvimento de software para serialização de fármacos, até a relação das interfaces de informação entre farmácias e fabricantes.

A solução, bem como o projeto da EFPIA, tem como objetivo fornecer uma solução padrão de codificação e identificação para o setor farmacêutico dentro das normas européias, internacionais e agora, brasileiras. A ideia é criar uma plataforma de serialização uniforme e que atenda aos principais players da indústria farmacêutica mundial. "A expectativa é que esse segmento gere para a Siemens IT uma oportunidade de negócios estimada em R$ 300 milhões de reais em investimentos. Esse é o valor estimado para que as indústrias farmacêuticas adaptem suas linhas de produção à lei de rastreamento dos medicamentos, afirma Fernando Simões, gerente de marketing estratégico e portfolio da Siemens IT.

Entre os diferenciais da solução da Siemens IT está a possibilidade de identificar produtos falsificados em todas as etapas da cadeia, desde a produção até a venda do medicamento para o consumidor final. A solução permite que os órgãos competentes acompanhem o produto na síntese de toda a cadeia de abastecimento. A partir daí, o farmacêutico terá todas as informações necessárias sobre cada medicamento por meio de um código único de identificação impresso nas embalagens.

Brasil

No Brasil, a lei 10.903/2009 prevê que em um prazo de três anos, a começar em março de 2010, as indústrias farmacêuticas brasileiras deverão oferecer embalagens padronizadas, que obedeçam ao identificador único de medicamento (IUM) – sistema de monitoramento para rastrear toda a cadeia de produção, estipulado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O órgão também será responsável por organizar um banco de dados nacional, com informações de cada medicamento como fabricante (autorização de funcionamento, licença estadual e alvará sanitário municipal dos estabelecimentos fabricantes), fornecedor (atacadistas, varejistas, exportadores e importadores de medicamentos), comprador, produto, unidades de transporte/logísticas, consumidor/paciente e prescrição.

Mais informações sobre Serialization@Siemens e outras soluções da Siemens IT no site


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

Olá, Associado Ascoferj! Dê um play ▶️ e veja o CONVITE que o Bernardinho do voleibol tem para você! 😉

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.