Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 10 de janeiro de 2011.

Subsídio para desenvolvimento de antibiótico

COMPARTILHE:

Guia da Farmácia

EUA cogita oferecer benefícios fiscais e prorrogação de patentes

Preocupado com uma possível crise da saúde pública, o governo dos EUA cogita oferecer incentivos financeiros ao setor farmacêutico, como benefícios fiscais e prorrogação da proteção de patentes, a fim de promover o desenvolvimento de antibióticos imprescindíveis para vários tratamentos, divulgou O Estado de S. Paulo. Embora as propostas sejam ainda incipientes, adquiriram urgência porque as bactérias estão se tornando mais resistentes a praticamente todos os medicamentos existentes, enquanto um número considerável das grandes companhias do setor abandonou esse campo na busca de medicamentos mais lucrativos. "O número de novos antibióticos que está sendo desenvolvido é extremamente escasso", disse Margaret Hamburg, comissária do órgão de vigilância sanitária dos Estados Unidos – o FDA, na sigla em inglês. O reduzido arsenal mundial contra as "superbactérias" levou os cientistas a alertar que as infecções dos dias atuais poderão se tornar novamente uma das principais causas de morte, como eram antes do advento da penicilina. Outras ideias estão sendo estudadas pelos parlamentares, como um aumento dos recursos federais destinados à pesquisa e a garantia de aquisições dos novos antibióticos pelo governo. A União Europeia também prepara um projeto, baseado em propostas de possíveis incentivos. Há um ano, os EUA e a UE criaram uma força-tarefa sobre a resistência aos antibióticos.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

Olá, Associado Ascoferj! Dê um play ▶️ e veja o CONVITE que o Bernardinho do voleibol tem para você! 😉

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.