Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 3 de novembro de 2016.

Tecnologias ajudam empresários na gestão da farmácia

COMPARTILHE:

Que atire a primeira pedra o empresário que nunca cometeu erros na gestão da farmácia. A falha é comum, mas se persistir pode levar o estabelecimento à falência. O co-fundador da a2i2, empresa de tecnologia, incubada no instituto Gênesis da PUC-Rio, Angelo Milfont, explica que os proprietários do varejo farmacêutico administram bem os negócios e são empresários dedicados e preocupados com os resultados, mas a indústria, os fornecedores e o cliente final estão demandando uma nova postura deles, que sejam profissionais mais ágeis.

Para Milfont, são três os desafios mais comuns para esses profissionais quando o assunto é gestão: a estratégia do portfólio de produtos, o tamanho do estoque e o relacionamento com os clientes.  “As farmácias, em geral, não têm uma estratégia de portfólio e acabam comprando muitos produtos parecidos, sacrificando o resultado. Além disso, compram quantidades para muitas semanas, desconsiderando o giro de cada mercadoria, o que também prejudica o saldo final”, analisa.

Ele sinaliza que os empresários costumam atender aos clientes sem considerar, por exemplo, o histórico de compras e as características de consumo deles. E, com isso, o resultado acaba sendo a perda de boas oportunidades de vendas adicionais a cada pedido, mas ressalta que existem ferramentas que podem ajudar no trabalho. “Para driblar esses desafios, atualmente, existem tecnologias que facilitam muito e garantem melhores vendas, mas o empresário precisa estar disposto a mudanças de hábito”, destaca.

O empresário que não se modernizar sentirá dificuldades para sobreviver em um mundo onde a tecnologia está, cada vez mais, fazendo parte do dia a dia das empresas. E, para evitar que isso aconteça, é essencial que ele se mantenha alerta e pesquise alternativas. Hoje, a tecnologia está disponível para empresários de todos os segmentos, independentemente do tamanho da farmácia, ajudando a melhorar o negócio de maneira significativa.

Uma novidade lançada no mercado de tecnologias é o Flashafarma, sistema de inteligência e apoio à gestão de farmácias, criado pela a2i2. “Usando o sistema, o gestor consegue aumentar os lucros no final de cada mês, uma vez que ele passa a comprar melhor e a vender mais”,detalha Milfont

Com a tecnologia, o empresário tem a possibilidade de monitorar o faturamento da loja de maneira detalhada, o estoque dos estabelecimentos e também as compras dos clientes cadastrados. “Além disso, o Flashfarma recomenda o portfólio de produtos e gera ações para escoar o estoque de produtos parados”, finaliza.

Comunicação Ascoferj

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.