Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 9 de agosto de 2010.

À venda, Mantecorp vira alvo do Aché

COMPARTILHE:

Valor Econômico

O laboratório nacional Mantecorp, controlado pela família Mantegazza, contratou a Inspire Capital, uma butique de fusões e aquisições, para assessorar na venda ou na procura de um sócio estratégico para a farmacêutica, segundo apurou o Valor.

O Aché, uma das maiores companhias do país no setor, está no páreo na negociação, de acordo com fontes familiarizadas com a operação. A Hypermarcas, grupo que se transformou em uma máquina de compras nos últimos meses, sobretudo nesse setor, também teria interesse nesse ativo e já contratado um banco para analisá-lo. Outros dois grupos de capital estrangeiro já teriam manifestado apetite até o momento.

O Valor apurou que o Aché tem forte interesse nessa operação, uma vez que reforça a posição da companhia como um dos maiores laboratórios nacionais. Além de ganhar em escala, o Mantecorp, cujo faturamento gira em torno de R$ 700 milhões, também agrega em produtos OTC (medicamentos isentos de prescrição).

Com um faturamento em torno de R$ 1,9 bilhão, o Aché, controlado pelas famílias Dellape Baptista, Siaulys e Depieri, pretende crescer por meio de aquisições e deve ir à bolsa, quando as condições de mercado forem favoráveis. Com o intenso movimento de fusões e aquisições no mercado farmacêutico nos últimos meses, a própria companhia, que busca a consolidação, também é alvo de assédio de grandes multinacionais. Procurada, o Aché também não comenta a operação. As empresas nacionais viraram alvos preferenciais de múltis, interessadas em avançar em países emergentes.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.