30% das pessoas 60+ sofrem com perda de massa muscular

Idosos têm perda de massa muscular
Foto: freepik
Idosos têm perda de massa muscular
Foto: freepik

Aproximadamente 30% dos idosos com mais de 60 anos apresentam problemas de sarcopenia, que é a perda de massa, força e desempenho da musculatura. Mas o mal pode ter seu impacto reduzido ou postergado com cuidados simples ao longo da vida.

“Por volta dos 30 anos de idade, começamos a perder massa muscular. Trata-se de um processo natural, mas a velocidade da perda e o impacto na qualidade de vida do paciente decorrem diretamente da quantidade de massa magra que as pessoas têm no corpo: quanto menos massa magra tivermos mais riscos corremos”, explica Roberto Miranda, cardiologista e geriatra.

Segundo o especialista, um idoso com boa quantidade de massa magra tende a se recuperar melhor de uma pneumonia, pois o organismo usa esse recurso para auxiliar na recuperação. “Com o quadro estabilizado, ainda sobra massa para ele se recuperar e voltar às atividades rotineiras. O mesmo não acontece com o idoso com pouca massa magra. Ele tem chances de dependência ampliadas, pois o seu organismo pode não ter a força necessária para se recuperar completamente de uma enfermidade pontual.

Outro problema comum no Brasil é a perda de tecido ósseo (osteoporose), que aumenta o risco de fraturas – aproximadamente 10 milhões de brasileiros têm osteoporose. A situação pode ser minimizada e/ou adiada com ajustes nas rotinas, como ter um estilo de vida ativo, alimentação balanceada e equilíbrio emocional. A suplementação nutricional também pode ajudar.

Veja também: Teuto esclarece benefícios da arnica gel

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Receba as principais notícias direto no celular

Sala de imprensa

Esta é uma área dedicada especialmente para o atendimento à imprensa e com acessos aos nossos releases.

Receba nossa newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Um programa para você ficar sempre bem informado

Talvez se interesse por:

Saiba onde encontrar o número da matrícula

Todo associado, além do CNPJ, possui um número de matrícula que o identifica na Ascoferj. Abaixo, mostramos onde encontrá-lo no boleto bancário. Você vai precisar dele para seguir em frente com a inscrição.

BOLETO BANCÁRIO BRADESCO

Encontre em “Sacador / Avalista”.

boleto bradesco contribuição

BOLETO BANCÁRIO SANTANDER

Encontre em “Sacador/Avalista”.

boleto santander contribuição
Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×