Como e por que vender valor na farmácia de manipulação

Farmácias magistrais devem vender valor
Foto: shutterstock
Farmácias magistrais devem vender valor
Foto: shutterstock

O preço de um produto é fator predominante para a compra e, muitas vezes, precificar nas farmácias magistrais pode ser um desafio. Contudo, a relação entre o consumidor e a farmácia vai muito além do número na nota. Por isso, mais do que vender o preço, é importante vender valor na farmácia de manipulação.

A Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag) explica que antes de determinar quanto um produto ou serviço vai custar, é necessário fazer cálculos e levar em consideração, por exemplo, os custos de produção e o tempo necessário desde o recebimento da receita até a dispensação. Além disso, existem outros fatores que interferem nessa escolha.

Diferença entre preço e valor

O preço de um produto e serviço está associado apenas aos elementos monetários. Estabelecimentos com foco parecido provavelmente terão produtos com preço base bastante similar, e é aí que o valor se torna a peça-chave, pois é ligado à importância dada ao produto ou serviço pelo cliente.

Dados mostram que 51% dos consumidores não se incomodam em pagar mais caro, desde que tenham uma boa experiência com a empresa.

Dicas para vender valor na farmácia de manipulação

1 – Mire no relacionamento com o cliente

É fundamental estabelecer um bom relacionamento com o cliente. Por isso, deve-se mirar em elementos que ajudam a tornar o atendimento e a prestação de serviços melhores, levando em consideração a empatia, a confiança e posicionando-se como um estabelecimento de saúde aberto às necessidades do paciente.

2 – Ofereça um serviço especializado e de qualidade

O serviço oferecido precisa ser o melhor possível, desde o controle de qualidade de insumos e produtos até os relatórios de auditoria.

3 – Tenha em mente as necessidades do cliente

O cliente sempre estará mais interessado nos benefícios que o produto/serviço oferece e a experiência que envolve essa compra. Pensando nisso, é necessário ter em mente quais são as necessidades e dores do cliente e como a farmácia de manipulação pode ajudá-lo.

Veja também: Descubra como foi ascensão das vendas de medicamentos por classe nos últimos anos

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Receba as principais notícias direto no celular

Sala de imprensa

Esta é uma área dedicada especialmente para o atendimento à imprensa e com acessos aos nossos releases.

Receba nossa newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Um programa para você ficar sempre bem informado

Talvez se interesse por:

Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está em regime semipresencial.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial, das 8h às 17h
Terças e quintas: atendimento remoto, das 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×