Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 2 de dezembro de 2014.

Ascoferj participa da Feira do Empreendedor 2014

COMPARTILHE:

  ""   A Feira do Empreendedor é considerada um dos maiores encontros de empreendedorismo no País. Este ano, entre os dias 27 e 30 de novembro, a Ascoferj participou da feira com o estande Seis passos para abrir uma farmácia, que também é o assunto do próximo seminário organizado pela entidade. Durante os quatro dias, a equipe da Ascoferj esclareceu dúvidas, informou os visitantes e realizou inscrições para o seminário, que acontece no dia 9 de dezembro, na sede da Associação. Além disso, a ocasião foi oportuna para mostrar aos profissionais do varejo farmacêutico o trabalho que a Associação realiza em prol do setor. “Atualmente, o varejo farmacêutico é um setor altamente competitivo e bastante regulado. Portanto, as pessoas que pensam em empreender uma farmácia ou drogaria devem estar por dentro desse cenário. Participar da Feira foi uma boa oportunidade para divulgar nossas iniciativas e manter essas pessoas informadas sobre relevantes questões que fazem parte do varejo”, afirmou o presidente da Ascoferj, Luis Carlos Marins. Os consultores dos Departamentos da entidade, entre eles, Daiana Laura, de Assuntos Regulatórios; Cheila Freitas, de Eventos; Calné de Oliveira, de Marketing; Natasha Cohen e Ângela Maria, do Jurídico; e Paulo Maurício, do Comercial, estiveram no local tirando dúvidas dos visitantes que passaram no estande. O público também pode assistir a duas palestras do setor: Farmácias e drogarias: oportunidades e riscos do negócio, ministrada pelo presidente da Ascoferj, Luis Carlos Marins; e Como se destacar no varejo farmacêutico, por Ana Caldas, farmacêutica e presidente da Afaerj. “Para abrir um negócio é necessário coragem. É preciso conhecer os riscos e, principalmente, aprender a planejar antes de colocar em prática as ideias, o que já é um bom início”, disse Marins durante a palestra. De acordo com ele, o empresário deve saber como montar um plano de negócios, estar preparado para o que está previsto na legislação e também para os imprevistos. “Você trabalha com algum indicador? Conhece o seu cliente? Sabe como administrar o mix de produtos? O layout da loja é atrativo? Todas essas questões devem ser respondidas, caso contrário os riscos superam as oportunidades”, garantiu. Para Flávia Siqueira Ramos, que assistiu à palestra, os assuntos tratados mostraram que ter uma farmácia vai além da venda de medicamentos. “Se você não olhar para o negócio como um todo, acaba ficando de fora. É preciso entender do assunto e se atualizar para se destacar. O mercado está crescendo e precisamos buscar meios para aproveitar as oportunidades”, disse. A farmacêutica e presidente da Afaerj, Ana Caldas, falou sobre as maneiras de se destacar no varejo farmacêutico, sendo uma delas a implantação dos serviços farmacêuticos. “Precisamos começar a vender os serviços e, para isso, é necessário aprender a cobrar por eles. Ainda não temos essa cultura, mas quando passarmos a tê-la veremos a importância do trabalho do farmacêutico e também enxergaremos a farmácia como um estabelecimento de saúde e comércio”, falou. O proprietário de farmácia André Muniz Pereira, que assistiu à palestra, concorda com a farmacêutica e completa dizendo que essa é uma chance para as pequenas empresas. “Quando o empresário começar a enxergar a realização de serviços farmacêuticos como uma oportunidade, poderá sair na frente não só do seu concorrente, mas das grandes redes. Esse tipo de iniciativa agrega valor à farmácia e gera uma fonte de renda”, destacou. Confira as fotos. Comunicação Ascoferj


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.