Brasil é líder latino de investimentos em testes farmacêuticos, diz relatório

O Brasil é líder em pesquisas biofarmacêuticas na América Latina, com investimentos nos últimos anos que permitiram ao país ser sede de importantes testes clínicos e resultaram em um aumento significativo de publicações e patentes. Os dados fazem parte de um relatório produzido pela empresa de consultoria Charles River Associates (CRA), a pedido da International Federation of Pharmaceutical Manufacturers & Associations (IFPMA), que nesta quarta-feira (31) iniciou em Genebra sua 26ª assembleia bienal. O estudo analisa as políticas, o entorno e a prioridade dada à inovação biofarmacêutica em oito países de renda média: Brasil, China, Colômbia, Coreia do Sul, Índia, Malásia, Rússia e África do Sul. O relatório destaca como principais fatores de êxito uma legislação adequada e a coordenação entre o Estado e a indústria, além de uma adequada proteção à propriedade intelectual. Apesar de os centros de pesquisa e desenvolvimento farmacêuticos seguirem majoritariamente concentrados nos países em desenvolvimento, eles estão se deslocando lentamente para nações de renda média. A China já acolhe 12 centros desse tipo e é seguida pela Índia, com três. Apesar de o Brasil ter apenas um, conseguiu liderar, ao lado da China, o número de testes clínicos realizados nos países de renda média (15% do total). O relatório indica que a infraestrutura médica, a população e a necessidade de abastecer o mercado local são alguns dos aspectos que explicam o rápido aumento dos testes clínicos tanto na China quanto no Brasil. Entre 2000 e 2010, esses dois países tiveram um crescimento de três dígitos em suas publicações científicas. O estudo avalia também os países com relação a sete aspectos que aumentam sua capacidade de promover a inovação, e dá ao Brasil uma pontuação média de 3, em uma escala com máximo de 5. O Brasil se destaca, ainda, pelo número de publicações, que é considerado "bom", enquanto a pior nota do país corresponde à criação de novos remédios, definida como "pobre".   Fonte: G1

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Categorias

Receba as principais notícias direto no celular

Sala de imprensa

Esta é uma área dedicada especialmente para o atendimento à imprensa e com acessos aos nossos releases.

Receba nossa newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Um programa para você ficar sempre bem informado

Saiba onde encontrar o número da matrícula

Todo associado, além do CNPJ, possui um número de matrícula que o identifica na Ascoferj. Abaixo, mostramos onde encontrá-lo no boleto bancário. Você vai precisar dele para seguir em frente com a inscrição.

BOLETO BANCÁRIO BRADESCO

Encontre em “Sacador / Avalista”.

boleto bradesco contribuição

BOLETO BANCÁRIO SANTANDER

Encontre em “Sacador/Avalista”.

boleto santander contribuição
Logotipo Ascoferj

COMUNICADO

Devido à contaminação de parte de nossa equipe de colaboradores com Covid-19, voltaremos temporariamente ao trabalho home office. Caso necessite de algum atendimento, entre em contato com os departamentos pelos números e e-mails abaixo, sempre entre 8h e 17h.

– Financeiro – (21) 98272-2882 / financeiro@ascoferj.com.br
– Jurídico – (21) 98097-0092 / departamentojuridico@ascoferj.com.br
– Regulatório – (21) 98272-2852 / regularizacao@ascoferj.com.br
– Comunicação – (21) 98272-2867 / comunicacao@ascoferj.com.br
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146 / dac@ascoferj.com.br
– Central de Negócios – (21) 98293-1816 negociacao@ascoferj.com.br
– Comercial – (21) 98097-0099 / comercial@ascoferj.com.br

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×