Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 28 de julho de 2020.

Cegueira por glaucoma é desconhecida no Brasil, e Pfizer lança campanha de conscientização

COMPARTILHE:

Glaucoma pode levar à cegueira irreversível Foto: frepik

Grande parte dos brasileiros não sabe a importância de ir frequentemente ao oftalmologista, desconhecendo também o glaucoma e os riscos que ele traz, como a cegueira. As conclusões aparecem na pesquisa “Um olhar para o glaucoma no Brasil”, aplicada pelo IBOPE Inteligência a 2,7 mil internautas brasileiros acima de 18 anos nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Bahia, Ceará e Pernambuco.

A iniciativa contempla o lançamento da campanha de conscientização “Não perca seu mundo de vista, tenha um olhar para o glaucoma”, conduzida pela Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG) e pela Upjohn, divisão da Pfizer com foco em doenças crônicas não transmissíveis.

Dados da pesquisa

A pesquisa do IBOPE mostra que 10% dos entrevistados nunca foram ao oftalmologista, enquanto 25% afirmaram ir raramente, somente quando sentem incômodo nos olhos. Entre os mais jovens, um em cada cinco deles afirmou nunca ter ido ao especialista (21%), e 10% foram uma única vez na vida. Entre os que têm mais de 55 anos (73%), um em cada quatro não possui rotina de visita ao oftalmologista.

Do total dos entrevistados, 30% acreditam que devem procurar o médico somente após começar a usar óculos e 23% após perceberem alguma perda de visão. Também não entendem que a exposição ao sol requer cuidados por meio de óculos escuros (86%) e que o uso excessivo de TV, computador, tablet e smartphone podem ressecar os olhos e atrapalhar o sono (83%).

Além disso, 53% dos entrevistados desconhecem que a doença pode levar à cegueira irreversível, enquanto 41% não sabem o que é glaucoma – o equivalente a 53% dos jovens de 18 a 24 anos e 71% dos com 55 anos ou mais. Ao se dividir em públicos por sexo, 44% dos homens desconhecem a informação, enquanto as mulheres são 38%.

Veja também: Merck e The Green Hub anunciam parceria para ampliar conhecimento científico de cannabis no Brasil

Fonte: Revista da Farmácia


VER MAIS SOBRE: Cegueira / Glaucoma / Pfizer


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.