Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 13 de março de 2012.

Chegam ao Brasil as vacinas da Sanofi Pasteur contra a Gripe com as Cepas atualizadas para 2012

COMPARTILHE:

Snif Brasil

As clínicas particulares de vacinação já começam a disponibilizar as vacinas contra a gripe da Sanofi Pasteur, a divisão de vacinas do grupo Sanofi. Como o vírus Influenza é mutante, as vacinas contra a gripe são atualizadas anualmente de acordo com as recomendações dadas pela Organização Mundial da Saúde, a partir de dados sobre as cepas circulantes em cada hemisfério coletados por sua rede de vigilância epidemiológica. Neste ano, as vacinas estão atualizadas contra as cepas A/ California/7/2009 (H1N1), A/Perth/16/2009 (H3N2) e B/Brisbane/60/2008.

Dados da Organização Mundial da Saúde revelam que a gripe atinge todos os anos cerca de 600 milhões de pessoas ao redor do mundo – entre 5 a 10% da população adulta e entre 20 a 30% das crianças. Causada pelo vírus Influenza, provoca entre 250 mil a 500 mil mortes e milhões de internações.
Sério problema de saúde pública mundial, a gripe pode causar problemas econômicos graves, como perda de dias de trabalho ou escola, queda da produtividade, gastos com medicamentos. Nos Estados Unidos, os custos da gripe foram estimados em U$ 11 bilhões por ano, entre custos diretos (hospitalização, consultas ambulatoriais, medicamentos) e indiretos (absenteísmo, redução na produtividade, substituições).

Estimativas na França, Alemanha e Estados Unidos indicam perdas anuais com surtos de gripe entre U$ 1 milhão a U$ 6 milhões a cada grupo de 100 mil habitantes. Nos Estados Unidos, estima-se que a gripe seja responsável pela perda de 44 milhões de dias produtivos por ano.

No Brasil, a gripe afeta em sete a 14 milhões de pessoas em idade produtiva por ano, de acordo com a médica Isabella Ballalai, diretora da SBIm – Associação Brasileira de Imunização. O cálculo tem como base a estimativa da OMS de que a gripe acomete entre 5 a 10% da população adulta mundial.

A GRIPE AUMENTA EM 20% AS INTERNAÇÕES DE PACIENTES COM INSUFICIÊNCIA CARDÍACA
No estudo “Hospitalização e Mortalidade por Insuficiência Cardíaca em Hospitais Públicos do Município de São Paulo”, o cardiologista da Unifesp Henrique Godoy constatou o aumento de 20% nas internações durante o mês de agosto, quando há grande incidência de infecções respiratórias como gripe e pneumonia.

Publicado em janeiro de 2012 na revista Arquivo Brasileiro de Cardiologia, órgão oficial da Sociedade Brasileira de Cardiologia, a pesquisa analisou a internação de 194.098 pacientes por insuficiência cardíaca entre 1992 e 2010 em hospitais públicos da capital paulista.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.