Pular para o conteúdo
.

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 8 de agosto de 2019.

Cinco passos para prestar serviços de saúde com qualidade

COMPARTILHE:

Serviços de saúde precisam ser feitos com qualidade máxima. Foto: Divulgação Ponto Care

Já são mais de mil salas farmacêuticas em todo o Brasil. E esse número tende a crescer ainda mais, principalmente se a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fizer a prometida revisão na RDC 44/2009, o que certamente vai ampliar os serviços farmacêuticos.

No entanto, não basta abrir o consultório farmacêutico e começar a realizar os serviços. Para que eles sejam prestados com qualidade e segurança, é preciso seguir uma série de passos e processos. A seguir, separei cinco passos para que sua farmácia preste serviços de saúde com eficácia.

Passo 1: Saiba onde quer chegar e faça um planejamento

Como em qualquer negócio, antes da implantação, é necessário que saibamos a sua viabilidade e estimativas de resultados (custos e receitas). Para chegar ao resultado esperado, devemos ter métodos, processos e gestão. Ferramentas que devem nos guiar para o mais próximo ou além de nossas estimativas iniciais. Antes de falarmos sobre métodos, processos e gestão, é importante deixarmos claro que a prestação de serviços de saúde dentro de farmácias e drogarias é um negócio que funciona, ou que irá funcionar, dentro de outro negócio que já está em percurso, mas possui características distintas. Por essa razão, é importante fazer estimativas proporcionais ao negócio já existente para obter valores aproximados.

Passo 2 – Saiba o que você pode fazer, o que não pode e o que ainda não foi regulamentado

Conheça a legislação vigente e fique de olho nas movimentações e tendências do mercado no que diz respeito a consultório farmacêutico. Outra dica importante é sobre a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), que está em vigor. A prestação de serviços de saúde em farmácias e drogarias é um tema relativamente novo, inclusive no quesito de leis e regulamentações, o que amplifica a variabilidade de interpretação e aplicabilidade das normas.

Passo 3: Exiba seu diferencial em local de fácil acesso para seus clientes

Você vai investir um bom dinheiro em uma mudança radical de cultura, espaço, equipamentos, capacitações para, no fim, esconder ou dificultar o acesso do seu cliente ao espaço? Será que vai funcionar? Pode até funcionar, mas pode multiplicar em dez vezes o investimento necessário em marketing para tornar o serviço conhecido. Em relação à metragem, na legislação em vigor, exige-se espaço mínimo de 9 m². Mas eu recomendo fortemente que você separe, no mínimo, 12 m². Fica mais confortável e menos sufocante para o cliente. Sem falar que vai ser melhor para pensar na disposição dos mobiliários, fluxos e processos dentro da sala.

Passo 4: Foque nos resultados em saúde que você irá levar para seus clientes

Devemos enfatizar que as modificações do mercado, nesses últimos anos, intervieram nos meios de marketing e publicidade. A forma de vender ou apresentar um produto ou serviço já não funciona da mesma forma. No varejo farmacêutico, podemos notar uma carência de estratégias de marketing e tecnologia, e a falta dessa evolução age diretamente nos resultados das farmácias. Devemos lembrar que as estratégias utilizadas há 10, 15, 20 anos não são as mesmas que funcionam atualmente.

Precisamos ter foco e saber oferecer a solução para nossos clientes e pacientes, por isso a necessidade de estarmos em constante evolução. A oferta de serviços de saúde não é igual à venda de medicamentos. A publicidade em saúde deve ser específica: você deve oferecer resultado e não doença. Para isso, não deve utilizar palavras que se refiram diretamente a doenças ou distúrbios. As pessoas buscam farmácias, hospitais e clínicas para obter a solução para o problema que estão vivenciando, e, para isso, você oferece melhora e prevenção em saúde.

Passo 5: O sucesso da prestação de serviços é diretamente proporcional à dedicação na busca de resultados em saúde para seus clientes

Na prestação de serviços de saúde, o resultado financeiro se traduz em resultados em saúde que você irá proporcionar aos seus clientes. Caso suas estratégias estejam voltadas especificamente para a quantidade de serviços de saúde que você oferece dentro do consultório farmacêutico, saiba que a probabilidade do negócio fracassar e você e sua equipe se frustrarem é grande.

Para se ter resultado em saúde, o trabalho deve ser contínuo, com cada passo sendo comemorado como uma vitória. Traçando estratégias de coleta de informações, parcerias multiprofissionais, eventos de saúde diferenciados, estratégias comerciais, marketing eficaz e divulgação dos resultados obtidos, o caminho será de sucesso. Simultaneamente ao resultado que você passa a obter, sua equipe começa a participar mais.

Quer saber mais sobre prestação de serviços em farmácias e drogarias? Baixe o e-book grátis sobre o assunto em: https://www.pontocare.com.br/ebook.

Leia também: Assistência farmacêutica cresce cada vez mais no Brasil

Assista no É de Farmácia: Como montar uma sala de serviços farmacêuticos

Fonte: Revista da Farmácia


VER MAIS SOBRE: Dia Nacional da Farmácia / Farmácia / Qualidade / Serviço de saúde


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *