fbpx
Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 5 de abril de 2010.

Ferring lança linha de remédios para triplicar receita no Brasil

COMPARTILHE:

Brasil Econômico

Subsidiária brasileira de laboratório da Suécia espera licença da Anvisa para levar ao mercado brasileiro o regulador intestinal BioGaia em abril

A farmacêutica de origem sueca Ferring precisa apenas do sinal verde da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o que está previsto para ocorrer em abril, para lançar no Brasil a linha de probióticos BioGaia,
que agem como regulador intestinal. O produto é o primeiro de uma série de 12 lançamentos programados para serem realizados até 2015 e que marcam umposicionamento mais agressivo da Ferring no país. "Queremos
triplicar nosso faturamento em cinco anos", diz Roberto Alvarenga, presidente da subsidiária brasileira.

No ano passado, a Ferring faturou globalmente R$ 1 bilhão. A empresa não divulga seus dados regionais. No ranking interno, a unidade brasileira é a 13ª em vendas, em um total de 45 filiais. Alvarenga avalia que, se bem-sucedido em sua estratégia de crescimento, o Brasil galgará o oitavo posto e poderá despertar o interesse da matriz em construir a primeira fábrica verde-amarela. Hoje, todos os medicamentos são importados.

A Ferring está no Brasil desde 1995 com um portfólio de dez linhas de produtos emquatro áreas da saúde: urologia, gastroenterologia, reprodução humana e maternidade, com medicamentos e equipamentos que facilitam o parto normal, como o pessário. A grande expectativa para o próximo ano é o lançamento da linha oncológica. O primeiro medicamento a chegar ao mercado será o hormônio para câncer de próstata Degarelix, desenvolvido no centro de pesquisas da companhia em San Diego (EUA) e lançadomundialmente em 2009. No
Brasil, está emprocesso de analise pela Anvisa.

Lactobacilos vivos
Os probióticos BioGaia, desenvolvidos há 20 anos por empresa sueca homônima, utiliza lactobacilos vivos em sua composição, o mesmo princípio de alimentos funcionais, como alguns iogurtes e leites fermentados, que também se apresentam como reguladores intestinais. As semelhanças terminam aí, garante Alvarenga. O executivo relata que a concentração de lactobacilos é muito maior no BioGaia, o que faz dele um produto indicado para pessoas com complicações intestinais, como pacientes afetados por diarreias agudas causadas pelo uso de antibióticos. Além disso, é o único produzido com leite humano, podendo ser consumido por pessoas comrejeição à lactose.

A estratégia comercial também é totalmente distinta dos alimentos funcionais. O BioGaia será comercializado em farmácias em duas versões, comprimido mastigável com sabor de limão, que chega ao mercado agora, e em gotas, este a ser lançado no final do ano, voltado para crianças com menos de cincos anos de idade e recém nascidos. Apesar de não ter contra-indicações, o produto sueco será primeiro apresentado à classe médica, que será a orientadora do consumo.

Os probióticos BioGaia são representados pela Ferring em 40 países, após uma parceria estabelecida há cinco anos. Em Portugal, somou vendas de ? 1 milhão em 2009. No Brasil, a empresa está cautelosa ao realizar suas projeções de vendas. Segundo Alvarenga, a expectativa no primeiro ano de vendas é alcançar 15 mil pessoas.

Companhia estuda aquisições no Brasil
A prese


VER MAIS SOBRE: arquivo


Logotipo Ascoferj

INFORMA

A Ascoferj informa que está em regime semipresencial.

Segundas, quartas e sextas: atendimento presencial, das 12h às 17h
Terças e quintas: atendimento remoto, das 8h às 17h.

Telefones de todos os setores para contato:

– Financeiro – (21) 98272-2882
– Jurídico – (21) 98097-0092
– Regulatório – (21) 98272-2852
– Comunicação – (21) 98272-2867
– DAC/Cursos – (21) 98399-0146
– Central de Negócios – (21) 98293-1816
– Comercial – (21) 98097-0099
– Relacionamento – (21) 98145-2036

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×