Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 17 de janeiro de 2012.

Fitoterápicos cresceram na última década

COMPARTILHE:

Imprensa Takeda

O segmento global de fitoterápicos movimenta bilhões de dólares todos os anos e, somente no Brasil, estimativas apontam que ele movimenta cerca de R$ 1 bilhão por ano. “Nos últimos anos, segundo projeções do Instituto Brasileiro de Plantas Medicinais (IBPM), o crescimento desse mercado no mundo foi de aproximadamente 6% a 7%. Ascensão que pode ser atribuída ao amadurecimento da indústria farmacêutica como um todo e a uma mudança no comportamento da população, que tem buscado e optado mais por terapias alternativas, sem abrir mão da eficácia e segurança que um medicamento oferece”, argumenta Bruno Gallerani, gerente de marca OTC do laboratório Takeda.

Nos últimos anos, estudo realizado pelo Centro Psicológico de Controle do Stress com cerca de 3 mil pessoas indicou que 35% dos brasileiros analisados apresentam nível de stress que traz algum comprometimento à saúde. “Com o aumento da percepção do consumidor em relação à segurança e à eficácia dos medicamentos fitoterápicos, conseguimos estabelecer uma evolução consistente da marca”, complementa Gallerani.

A biodiversidade brasileira, o momento econômico positivo do país e os constantes investimentos em pesquisa provocam uma percepção otimista de crescimento do segmento fitoterápico no mercado farmacêutico nacional. E diante do cenário competitivo, o desafio das indústrias farmacêuticas, com relação aos medicamentos fitoterápicos, está em oferecer, cada vez mais, informações claras sobre a eficácia e segurança comprovadas por meio dos processos de aprovação e registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Ministério da Saúde (MS).


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.