Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 10 de agosto de 2010.

Hypermarcas concentra produção farmacêutica

COMPARTILHE:

Brasil Econômico

Com investimento de R$ 100 milhões, a companhia passará para o Pólo Farmacêutico e Químico de Anápoilis (GO) toda a produção e distribuição de medicamentos, que inclui marcas de peso como Doril, Estomazil, Benegrip e Atroveran. A estratégia teve início com a aquisição do laboratório NeoQuímica, no final de 2009, e a expectativa é que o local concentre toda a operação no segmento a partir de julho de 2011 com capacidade de produção anual de 50 bilhões de comprimidos. A iniciativa visa melhoras de produtividade, maior sinergia na distribuição dos produtos da companhia e redução dos custos, cuja projeção é de uma economia em torno de R$ 50 milhões por ano.

O investimento na concentração da área de medicamentos é o pilar para a estratégia agressiva que a empresa pretende no segmento. Só neste ano já foram lançados mais de 180 produtos. Desde que adquiriu a NeoQuímica por cerca de R$ 1,3 bilhão, a Hypermarcas já ampliou de 60% para 80% do território nacional em apenas seis meses e a expectativa é que os produtos estejam em todo o país até 2011.

Além das mudanças de sua operação farmacêutica, a Hypermarcas tem planos também para a produção de seus itens em Higiene Pessoal, que deve se concentrar em Mogi das cruzes, interior paulista. No local, fica o centro industrial da Mabesa, adquirida na última sexta-feira, 6, pela Hypermarcas por R$ 350 milhões. Em comunicado, a companhia informou que "a aquisição da Mabesa vem ao encontro dos objetivos estratégicos da companhia de aquisições de marcas e ativos no setor de Beleza e Higiene Pessoal".


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.