Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 9 de agosto de 2012.

Indústrias querem liberar produtos retidos em greve

COMPARTILHE:

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) entrou na última sexta-feira, 3 de agosto, na Justiça Federal com um novo mandado de segurança contra a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na tentativa de que produtos farmacêuticos sejam liberados pela agência reguladora nos entrepostos comerciais do Rio de Janeiro. De acordo com reportagem do O Estado de S. Paulo , o escoamento das mercadorias está sendo afetado pela greve dos funcionários do órgão federal de fiscalização. Além do mandado, a Firjan enviou ofício ao Ministério da Saúde reivindicando que os serviços prestado pela Anvisa sejam mantidos com a contratação de pessoal terceirizado. "A argumentação do mandado é que a greve envolve um serviço público essencial, que não pode parar de forma alguma", afirmou a advogada chefe da Divisão Tributária da Firjan, Cheryl Berno. "Não é só uma questão de prejuízo para as empresas. São medicamentos e vacinas que não chegam ao destino. Muitos deles sequer estão disponíveis no Brasil". Entre os produtos farmacêuticos que estão parados nos entrepostos estão produtos acabados e matéria-prima para a fabricação de medicamentos. Fonte: Guia da Farmácia


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.