Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 2 de outubro de 2020.

IQVIA publica projeção de mercado farmacêutico em setembro

COMPARTILHE:

IQVIA publica informações do mercado farma em setembro Foto: freepik

A IQVIA publicou um estudo com a projeção das vendas do mercado farmacêutico para o mês de setembro de 2020, considerando o número de unidades comercializadas, quais foram as categorias mais buscadas e os valores de cada uma, fazendo comparações com períodos anteriores.

Mercado farmacêutico total

Em relação ao número de unidades vendidas pelo mercado farma, a IQVIA faz três projeções: a mínima, a média e a máxima. Na primeira, a previsão é de que sejam comercializadas em setembro 517 mil unidades, enquanto na segunda sejam 541 mil e, na última, 565 mil.

Caso a projeção mínima se confirme, haverá uma queda de 5% em relação às vendas do mês de agosto, que foram de 544 mil unidades. No caso de ser a média, a queda será de 1% e, por fim, caso seja a projeção máxima, haverá um crescimento de 4% na comparação com as vendas do último mês.

Divisões de mercado

Ao fazer um estudo considerando a divisão de mercado, a farma deverá totalizar 375.918 unidades, o equivalente a um aumento de 1,1% em relação ao mês de setembro de 2019. Contudo, ao comparar com agosto deste ano, haverá uma queda de 2,4%.

A divisão de ético farma deverá vender 237.979 unidades, o equivalente a um crescimento de 1,9% em relação a setembro de 2019 e uma queda de 1,9% em relação ao mês de agosto.

A popular farma poderá comercializar 137.939 unidades em setembro deste ano, o que representa uma queda de 0,3% em relação ao mesmo mês de 2019 e uma queda de 3,1% no comparativo com o mês de agosto.

Já a divisão de consumo poderá vender 302.579 unidades neste mês, o que representaria um crescimento de 7,5% na comparação com setembro de 2019 e 0,4% em relação a agosto deste ano.

Ao analisar o mercado farmacêutico como um todo, a projeção média indica que serão comercializadas 540.558 unidades (541 mil ao arredondar). Em relação a setembro de 2019, deverá haver um aumento de 5% nas vendas e uma queda de 0,6% em relação a agosto de 2020.

Categorias de produtos

Ao analisar as projeções de mercados por categorias de produtos, primeiro em relação aos farmacêuticos, é possível prever a venda de 182.058.048 unidades de marca, o equivalente a um crescimento de 0,9% em relação a setembro de 2019 e uma queda de 2,6% em relação a agosto de 2020.

Os produtos genéricos devem totalizar 131.804.965 unidades, chegando a um aumento de 3,6% na comparação com setembro de 2019 e uma queda de 2% em relação a agosto deste ano. Já os de referência devem chegar a 62.136.203 unidades, o equivalente a uma queda de 3,4% em relação a setembro do ano passado e de 2,4% na comparação com agosto deste ano.

Na análise dos produtos de consumo, a IQVIA informa que os de cuidados pessoais deverão chegar a 120.824.725 unidades, o equivalente a um aumento de 16,4% em relação ao mesmo mês do ano passado e 5% a agosto de 2020.

Os MIPs continuam em queda, mesmo podendo chegar a 108.305.090 unidades vendidas – se se confirmar, o número será equivalente a uma diminuição de 2,9% em relação a setembro de 2019 e de 4,8% na comparação com agosto.

Já os produtos de cuidados ao paciente devem totalizar 43.727.010 unidades neste mês de setembro, trazendo um aumento de 18,7% em relação a setembro de 2019 e uma queda de 0,3% na comparação com agosto.

Por fim, os produtos de nutrição deverão chegar a 29.722.183 unidades comercializadas, tendo somente taxas de crescimento – em relação a 2019, de 1,4%, e, em relação a agosto deste ano, 3,5%.

Veja também: Farmácias já oferecem mais de 20 exames rápidos à população com ajuda de plataformas como Clinicarx

Fonte: Revista da Farmácia


VER MAIS SOBRE: IQVIA / Mercado farmacêutico / Setembro


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.