Lei exige lista de medicamentos proibidos exposta em lojas no Rio

Foto: creativeart (freepik)
Foto: creativeart (freepik)
Foto: creativeart (freepik)

Na segunda-feira passada (11/03), foi publicada a Lei Municipal nº 6.490, de autoria do ex-vereador Val Ceasa (PEN). Proposta em 2017, a lei fala sobre a necessidade de haver uma lista exposta aos clientes com os medicamentos proibidos, interditados e suspensos pelo órgão regulador federal em todas as farmácias e drogarias no Rio de Janeiro.

É preciso estar descrita ainda a numeração do lote, quando necessário, para exata identificação dos medicamentos. Além disso, é necessário que a lista esteja atualizada em até 30 dias após a atualização do órgão regulador federal.

As lojas que descumprirem a lei serão primeiramente advertidas e notificadas por escrito. Se, em até 24 horas depois, não tiverem providenciado a lista, deverão pagar uma multa de R$ 500 por dia.

Para acompanhar os medicamentos suspensos e proibidos, acesse aqui.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Receba as principais notícias direto no celular

Sala de imprensa

Esta é uma área dedicada especialmente para o atendimento à imprensa e com acessos aos nossos releases.

Receba nossa newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Um programa para você ficar sempre bem informado

Saiba onde encontrar o número da matrícula

Todo associado, além do CNPJ, possui um número de matrícula que o identifica na Ascoferj. Abaixo, mostramos onde encontrá-lo no boleto bancário. Você vai precisar dele para seguir em frente com a inscrição.

BOLETO BANCÁRIO BRADESCO

Encontre em “Sacador / Avalista”.

boleto bradesco contribuição

BOLETO BANCÁRIO SANTANDER

Encontre em “Sacador/Avalista”.

boleto santander contribuição
Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×