Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 7 de agosto de 2020.

Loja de rede Bemol, em Manaus, investe em robotização

COMPARTILHE:

Loja da Bemol em Manaus (Foto: Luis Marins)

Na tarde desta sexta-feira (7/8), Luis Marins, presidente da Associação do Comércio Farmacêutico do Estado do Rio de Janeiro (Ascoferj), visitou a loja da rede de farmácias Bemol que, desde janeiro de 2020, está contando com o apoio de um robô, desenvolvido pela BD Rowa, nas práticas de recebimento, armazenamento e distribuição de medicamentos.

Automatização da farmácia

Marcelo Medeiros, gestor da Bemol Farma, explica que o robô é um grande passo em relação à inovação no Brasil: “Com o robô, nós criamos a possibilidade de ter uma farmácia automatizada e ágil, e com menos colaboradores”.

Isso porque o robô ajuda em todos os processos da operação: “Ele faz o inventário e o controle do vencimento dos produtos, e também a arrumação e a dispensação dos medicamentos, proporcionando uma experiência diferenciada de compra para o cliente e otimização de trabalho para a equipe”.

Marins concorda: “Pude perceber que a loja tem um perfil mais ágil, e que também oferece segurança e praticidade aos consumidores no momento da dispensação”.

Como funciona o robô

“O robô substituiu uma grande quantidade de prateleiras que existiam na loja, o que permitiu que tivéssemos no estoque muito mais medicamentos. Sempre que chegam novos medicamentos, coloco ordenadamente as caixas em uma esteira para que o robô possa escaneá-las. Depois é só dar os comandos pelo computador e ele organiza todo o resto sozinho”, explica Jefferson Campos, auxiliar de Logística.

Robô organizando medicamentos (Foto: Luis Marins)

Campos revela que, com isso, o tempo para arrumar o estoque diminuiu expressivamente, pois antes os colaboradores é que faziam o trabalho. Ele comenta ainda sobre o processo para verificar vencimentos: “Antigamente, isso era analisado quinzenalmente, quando os profissionais se dividiam para olhar o vencimento de todas as caixas. Hoje, basta que eu digite no computador a data que quero saber e, em segundos, ele já me dá uma planilha atualizada com as informações”.

Benefício para profissionais e clientes

Késia Pond, farmacêutica responsável técnica da loja, fala sobre como é trabalhar com um robô: “Na hora do atendimento, nós podemos dar mais atenção aos clientes, pois o robô faz com que não precisemos gastar um tempo procurando os medicamentos no estoque. Podemos dar atenção a eles, que ainda receberão os produtos para suas necessidades de forma ágil e segura”.

Contudo, mesmo com todos os benefícios, a rede ainda não tem previsão para levar a robotização às outras lojas: “A tecnologia trouxe muitos benefícios e seguimos em análise sobre a expansão para outras lojas”, finaliza Madeiros.

Veja também: Farmácias Bemol crescem 127% com robotização BD Rowa


VER MAIS SOBRE: BD Rowa / Bemol / Robô


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.