Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 1 de outubro de 2009.

Mulher é presa pela PF por comprar medicamentos com receitas falsificadas

COMPARTILHE:

Tribuna do Dia – SC

A Polícia Federal de Criciúma investiga o envolvimento de uma pessoa no derrame de receitas médicas falsificadas na região. No início da semana, policiais prenderam em flagrante a dona de casa A.M.M., 56 anos, quando a acusada efetuava a compra de 450 comprimidos da substância Cloridrato de Femproporex, constante na Portaria 344/98 da Anvisa, como substância psicotrópica. Ela portava notificação de receita em nome de terceiros, em uma farmácia de Morro da Fumaça. A. vai responder pelo crime de tráfico e falsificação de documentos.

Policiais chegaram até a acusada após denuncia da Vigilância Sanitária de Criciúma. Para o delegado Rafael Antônio Broietti, a mulher contou que revendia os medicamentos desde dezembro do ano passado, somente para amigas e que não tinha nenhum lucro com os medicamentos, já que os repassava pelo valor de farmácia. "As investigações apontam que ela comprava as guias de uma terceira pessoa, no valor de R$ 13. Na farmácia, os remédios eram adquiridos por R$ 10. Sendo assim, ela teria prejuízos", conta a autoridade policial.

Após a prisão, buscas foram realizadas na residência da acusada. No local foram localizados 35 notificações de receita em branco, com carimbo e assinaturas de diversos médicos. "As guias são de profissionais de Criciúma e Araranguá", destaca o delegado. A. foi encaminhada ao presídio Santa Augusta, em Criciúma.


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.