Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 15 de junho de 2020.

Multa por quebra de fidelidade em serviços de comunicação é proibida no RJ

COMPARTILHE:

Multa por quebra de fidelidade de serviços de comunicação é proibida no RJ Foto: freepik

Foi publicada, na última quarta-feira (10/06), no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, a Lei Estadual nº 8.888/2020, que proíbe a aplicação de multa por quebra de fidelidade nos serviços de TV por assinatura, telefonia, internet e serviços semelhantes. Decisão dura até o fim da pandemia da Covid-19.

Com isso, as empresas concessionárias dos serviços citados não podem aplicar multas por quebra de fidelidade aos consumidores que solicitarem o cancelamento de contratos, portabilidade para outras operadoras ou mudanças de planos. Além disso, os prestadores de serviço também não poderão alterar cláusulas contratuais, a menos que elas beneficiem o consumidor.

As empresas que descumprirem a Lei estarão sujeitas a pagar uma multa de 500 UFIR-RJ, e o valor recolhido será revertido ao Fundo Especial de Apoio a Programas de Proteção e Defesa do Consumidor (FEPROCON).

Leia a Lei Estadual nº 8.888/2020 na íntegra.

Veja também: Farmácias deverão disponibilizar faturas de clientes em seus sites


VER MAIS SOBRE: Celular / Fidelidade serviços de comunicação / Internet / multa / TV


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.