Normas da Anvisa para combate à Covid-19 durante Emergência em Saúde Pública são prorrogadas

Anvisa prorroga prazos de normas após fim de Emergência em Saúde
Foto: Divulgação
Anvisa prorroga prazos de normas após fim de Emergência em Saúde
Foto: Divulgação

A Diretoria Colegiada da Anvisa aprovou ontem (12) uma resolução que define medidas de transição no que diz respeito às normas editadas especificamente para o combate à pandemia de Covid-19, durante a situação de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN).

Rafael Espinhel, advogado e presidente executivo da ABCFARMA, explica que a decisão garante a segurança sanitária e agrega eficácia e eficiência administrativa, ao permitir que a Agência avalie a necessidade de efetivação dessas regras ao ordenamento regulatório da Anvisa.

A decisão terá vigência a partir do próximo dia 22 de maio, mesma data da entrada em vigor da Portaria GM/MS 913, de 22 de abril de 2022, que declarou o encerramento da ESPIN.

Confira as normas relacionadas ao setor varejista farmacêutico que terão a vigência prorrogada até maio de 2023:

RDC 357/2020

Estende, temporariamente, as quantidades máximas de medicamentos sujeitos a controle especial permitidas em Notificações de Receita e Receitas de Controle Especial e permite, temporariamente, a entrega remota definida por programa público específico e a entrega em domicílio de medicamentos sujeitos a controle especial, em virtude da Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional (ESPII) relacionada ao novo coronavírus (Sars-CoV-2).

RDC 377/2020

Autoriza, em caráter temporário e excepcional, a utilização de testes rápidos (ensaios imunocromatográficos) para a Covid-19 em farmácias e suspende os efeitos do § 2º do art. 69 e do art. 70 da RDC 44/2009.

Regras alteradas do Programa Farmácia Popular

As regras do Programa Farmácia Popular do Brasil foram alteradas via nota técnica emitida pela CPFB e não ficaram condicionadas ao encerramento do estado de emergência, mas a discricionariedade do órgão público quanto ao término.

Explicado isto, esclarecemos que as alterações realizadas – procuração simples, extensão quantidade de dispensação e prazo de validade da receita (365 dias) permanecem válidas.

O Departamento Jurídico da ASCOFERJ fica à disposição para os esclarecimentos que se façam necessários.

Veja também: Sancionada Lei que dispõe sobre bula digital de medicamentos

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Categorias

Receba as principais notícias direto no celular

Sala de imprensa

Esta é uma área dedicada especialmente para o atendimento à imprensa e com acessos aos nossos releases.

Receba nossa newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Um programa para você ficar sempre bem informado

Saiba onde encontrar o número da matrícula

Todo associado, além do CNPJ, possui um número de matrícula que o identifica na Ascoferj. Abaixo, mostramos onde encontrá-lo no boleto bancário. Você vai precisar dele para seguir em frente com a inscrição.

BOLETO BANCÁRIO BRADESCO

Encontre em “Sacador / Avalista”.

boleto bradesco contribuição

BOLETO BANCÁRIO SANTANDER

Encontre em “Sacador/Avalista”.

boleto santander contribuição
Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×