União Europeia aprova venda de remédio para tratar a doença de Gaucher

Valor Econômico

O laboratório inglês Shire anunciou a aprovação no Emea (agência regulatória europeia) para a comercialização da VPRIV (velaglucerase alfa), terapia de reposição enzimática (TRE), para o tratamento da doença de Gaucher tipo 1 (síndrome rara).

A doença de Gaucher é a doença de depósito lisossômico mais comum. É uma doença autossômica recessiva causada por uma mutação no gene GBA.

Esta mutação causa a deficiência da beta-glicosidase ácida ou beta-glicocerebrosidase, que leva ao acúmulo de glicolipídios nos macrófagos principalmente em baço, fígado, medula óssea e pulmão. Em um pequeno número de pacientes (aproximadamente 5%), há comprometimento do sistema nervoso central (SNC).

TIPOS DA DOENÇA

Tipo 1 (não-neuropática)
– Mais comum, caracterizada pela falta de envolvimento neurológico primário;
– Começo da doença em qualquer idade;
– Expectativa de vida pode ser normal.
– A visceromegalia (aumento do baço e do fígado) é uma característica constante nesses pacientes.

Tipo 2 (forma neuropática aguda)
– Envolvimento neurológico ocorre no início da progressão da doença;
– A doença pode aparecer na infância ou adolescência;
– Expectativa de vida é baixa (em média, falecem antes dos dois anos de vida).

Tipo 3 (forma neuropática sub-aguda)
– Comprometimento neurológico ocorre um pouco mais tarde nesse tipo;
– O início da doença pode se apresentar na infância ou na adolescência;
– Os pacientes com o tipo 3 podem sobreviver até a vida adulta.

Segundo a farmacêutica Shire, a terapia de reposição enzimática para o tratamento da doença ainda aguarda aprovação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para comercialização no Brasil.

Compartilhe:
Categorias

Receba as principais notícias direto no celular

Sala de imprensa

Esta é uma área dedicada especialmente para o atendimento à imprensa e com acessos aos nossos releases.

Receba nossa newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Um programa para você ficar sempre bem informado

Saiba onde encontrar o número da matrícula

Todo associado, além do CNPJ, possui um número de matrícula que o identifica na Ascoferj. Abaixo, mostramos onde encontrá-lo no boleto bancário. Você vai precisar dele para seguir em frente com a inscrição.

BOLETO BANCÁRIO BRADESCO

Encontre em “Sacador / Avalista”.

boleto bradesco contribuição

BOLETO BANCÁRIO SANTANDER

Encontre em “Sacador/Avalista”.

boleto santander contribuição
Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.
×