Pular para o conteúdo

Notícias


icone de categorias Notícias icone de data de publicação 21 de março de 2014.

Xarope e antigripal não têm eficácia em crianças

COMPARTILHE:

Uma revisão de estudos da Colaboração Cochrane (organização internacional que elabora revisões da literatura médica) mostrou que as terapias mais comuns para tosse aguda e resfriado não têm evidências científicas. Pesquisadores analisaram 27 estudos com 5.117 adultos e crianças quanto à eficácia de medicamentos para resfriado que combinam antialérgicos, descongestionantes e analgésicos. A conclusão é que o uso dessas drogas tem efeito limitado em adultos e crianças com mais de seis anos, provocando uma melhora de 20% a 30% dos sintomas. Esse pequeno benefício precisa ser colocado na balança com os possíveis efeitos colaterais, como sonolência e dor de cabeça. Para crianças mais novas, porém, não há evidência de efetividade e segurança do uso desses medicamentos. Em relação à melhora da tosse aguda que acompanha o resfriado, outra revisão de 25 ensaios clínicos com xaropes vendidos sem prescrição (18 com adultos e oito com crianças) concluiu que não há evidências de efetividade. Para crianças, o uso de antitussígeno, antialérgico e descongestionante tem efetividade similar a do placebo. Fonte: Folha de S. Paulo


VER MAIS SOBRE: arquivo


Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Ao continuar nesse site você está de acordo com nossa Política de Privacidade.